Artigos

26 Abril 2018

A Fé não é sentimentalismo

Escrito por  OFMConv-Notícias

A fé não é uma simples impressão ou emoção do coração. Sem dúvida, o cristão sente a sua fé, experimenta e desfruta dela, mas seria um erro reduzi-la ao "sentimentalismo". A fé não é algo que depende dos sentimentos: eu não sinto mais nada, devo estar perdendo a fé. Crer é uma atitude responsável e racional.

A fé também não é uma opinião pessoal. O crente se compromete pessoalmente a acreditar em Deus, mas a fé não pode ser reduzida ao "subjetivismo": eu tenho minhas idéias e acredito no que penso. A realidade de Deus não depende de mim, nem a fé cristã é a criação de uma única pessoa. Ela brota da ação de Deus em nós.

A fé também não é um costume ou tradição recebida dos pais. É bom nascer em uma família cristã e receber desde a infância uma orientação espiritual da vida, mas seria muito pobre reduzir a fé ao "costume religioso": na minha família sempre fomos muito ligados à Igreja. A fé é uma decisão pessoal.

A fé também não é uma receita moral. Acreditar em Deus tem as suas demandas, mas seria um erro reduzir tudo ao "moralismo”: eu respeito a todos e não magoo ninguém. Fé é, além disso, amor a Deus, compromisso com um mundo mais humano, esperança na vida eterna, ação de graças e celebração.

A fé também não é um "tranquilizante". Acreditar em Deus é, sem dúvida, uma fonte de paz, conforto e serenidade, mas a fé não é apenas um "abraço" para momentos críticos: quando estou com problemas, recorro à Virgem Maria. Acreditar é o melhor estímulo para lutar, trabalhar e viver de maneira digna e responsável.

A fé cristã começa a despertar em nós quando nos encontramos com Jesus. O cristão é uma pessoa que encontra Cristo e n’Ele descobre um Deus amoroso que o atrai mais a cada dia. João fala sabiamente sobre isso: "Conhecemos o amor que Deus tem por nós e acreditamos n’Ele, Deus é Amor" (1 João 4:16).

Esta fé cresce e frutifica somente quando permanecemos, dia após dia, unidos a Cristo, isto é, motivados e sustentados pelo Seu Espírito e pela Sua Palavra: aquele que permanece unido a Mim como Eu sou unido a ele, produz muitos frutos, porque sem você não pode fazer nada.

 

Traduzido de Religión Digital.

Mais nesta categoria:
© 2018 Ordem dos Frades Menores. Todos os direitos reservados

 
Fale conosco
curia@franciscano.org.br