As etapas da Formação Franciscana

 

Depois que o jovem vocacionado, passa a ingressar em nossa Ordem Religiosa, nesta província de São Maximiliano Maria Kolbe, este passa por quatro períodos ou etapas formativa interna, cuja nomenclatura de cada etapa são: Postolantado, Pré-noviciado, noviciado e joniorista ou seja (professo simples).

 

 POSTULANTADO 

(período de 10 meses). A finalidade é ajudar o candidato a perceber sua vocação, num relacionamento novo de forma pessoal com Deus e com os irmãos, em caminhando o mesmo para um novo estilo de vida. Favorecendo um conhecimento mútuo entre a fraternidade inserida e a ordem religiosa. Ao mesmo tempo oferecendo um conhecimento preliminar da vida de São Francisco nosso pai fundador com base nos textos FONTES.  

Os jovens iniciam os primeiros passos dentro da vida religiosa franciscana fazendo o postulantado. Esta etapa de formação é realizada na casa de formação São Maximiliano Maria Kolbe localizada no Santuário Jardim da Imaculada – GO (Cidade Ocidental). 

Neste período formativo de 10 meses, eles passam ater contato mais intenso com os textos fontes da espiritualidade franciscana que é de fundamental importância para toda caminhada franciscana, das diversas etapas. Assim, a leitura primordial deste período é da “Legenda dos Três Companheiros (LTC)”, que  torna-se a alma e o coração de todo o postulantado. Nesta etapa os postulantes conhecerão o modo de vida (modus vivendi) franciscano. Tendo outras formações especificas: como catequese, Liturgia, bíblia, cântico litúrgico, Língua Portuguesa, em preparação ao vestibular. 

Além do mais, é aqui neste período que os jovens começam a viver em fraternidade, cada um trazendo consigo seus talentos e dons, pondo em comum para o bem de toda comunidade formativa. Neste período eles gozam de momentos recreativos, como esportes, de lazer, passeio e etc. Na oficina formativa eles aprendem a arte de fazer velas, restaurar imagens, confeccionar terços e etc..., cuidam da horta, do bosque dos jardins, da lojinha e do acolhimento aos peregrinos do santuário. Sem falar claro de sua formação espiritual, com orações da Liturgia diária para religiosos, missa, adoração, devoção mariana como reza do terço, oficio de nossa senhora, lecto divina, confissão, meditação e etc. No final do ano fazem um vestibular para adentrar no mundo acadêmico nos estudos filosóficos em nosso Instituto São Boaventura ISB. (explicaremos na próxima etapa). Contudo, aqueles que não atingirem a média do vestibular, tendo a reprovação, morando na mesma casa e cursando no mesmo instituto fazem o propedêutico, estudando as matérias específicas, no mesmo horário dos filósofos se preparando bem iniciará o curso de filosofia, (para esses o pré-noviciado se dará no período de quatro anos).

 

 

PRÉ-NOVICIADO (período de 3 anos).

Sua finalidade é ajudar o amadurecimento vocacional dos candidatos, dando ao mesmo tempo continuidade a preparação imediata para essa etapa e para a etapa seguinte, ou seja o noviciado. Ajudando ao mesmo tempo o jovem a amadurecer sua vocação, na aceitação de si mesmo e na abertura aos  outros sem perder a própria personalidade.

Esta etapa denominada de pré-noviciado que possui a duração de três ou quatro anos, dependendo do desempenho acadêmico de cada um, é realizada na cidade satélite de Santa Maria- DF. Lá eles gozam de um privilegio espetacular, onde podem desfrutar da natureza que cerca este casa de formação, que favorece aos estudantes uma paz  constante ao som apenas dos pássaros que cantam e encantam, nas árvores do cerrado. Aqui também, os jovens cuidam e mantem o zelo pela casa formativa, dão continuidade as oficinas de vela, terço, cânticos litúrgicos e estudos fontes franciscana, além dos acadêmico. Sem falar claro de sua formação espiritual, com orações da Liturgia diária para religiosos, missa, adoração, devoção mariana como reza do terço, ofício de nossa senhora, lecto divina, confissão, meditação e etc. Também, os momentos fraternos vão ganhando mais força de perceber assim como o Pai Francisco “....e o senhor me deu irmãos...” uma vez que a cada ano vão chegando novos membros nesta fraternidade, favorecendo um bom esporte. Ao fim dos estudos acadêmicos os Jovens filósofos fazem sua formatura acadêmica, e dão continuidade em sua caminhada como Noviço. Tal etapa que explicaremos em seguida.

 

 

NOVICIADO. (um ano canonicamente fechado, de fevereiro-a-fevereiro).

A finalidade deste período formativo é mostra meios que eles (noviços) percebam e conheçam a vocação divina como Dom de Deus, no carisma da Ordem.  Neste período a formação se da de forma mais solida, numa profundidade imensa na vida franciscana, na REGRA DE VIDA DOS FRADES CONVENTUAIS conformando com o espirito de Francisco sua mente e seu coração, conformar com sua intenção e idoneidade, num espirito de serviço, doação e  trabalho.

O noviciado é a preparação para a entrada existencial, formal e jurídica na ordem. Seu período de duração é de um ano no qual os noviços se aprofundarão no estudo e vivência da espiritualidade franciscana; da nossa regra de vida; da história de São Francisco de Assis e a fundação de nossa Ordem. Todos os textos fontes são trabalhados minunciosamente para que o noviço possa adentrar definitivamente no modo de ser franciscano. A vida de oração, a vida fraterna, o estudo e o trabalho são pontos basilares em toda a nossa formação conventual de modo que no noviciado esses âmbitos são clarificados e aprofundados. Fazem parte desta fraternidade de noviços o Mestre e seu Vice, que acompanham os noviços todo o tempo formativo. Lembramos que no Brasil o noviciado é realizado no convento São Benedito em Caçapava – SP, juntamente com as 4 jurisdições aqui presente em nosso país. 

 

 

JUNIORATO (professo simples)  

Período de 4 anos cursando a Sagrada Teologia. A primeira profissão inaugura uma nova fase da formação, se beneficia do dinamismo e da estabilidade que nascem dos conselhos evangélicos. Sua finalidade é conduz ir o jovem religioso a uma maturidade que lhe permita fazer a escolha definitiva com consciência e liberdade que o coloque na dinâmica e na condição de bem vive-lo.

Após o noviciado, e se idôneos à vida consagrada, os noviços fazem os votos de Obediência, Pobreza (sine proprio) e Castidade de modo a adentrarem de fato na Ordem Franciscana como frades franciscanos conventuais. Os votos são renovados a cada um ano por três vezes, sendo o quarto ano de profissão o momento em que se acentua os votos perpétuos. O Juniorato é o período de pós-noviciado onde os Freis franciscanos consagrados iniciam os estudos da Teologia em nosso instituto ISB. É um período de aprofundamento vital e amadurecimento da caminhada no seguimento de Jesus Cristo pobre e crucificado, conforme os passos de São Francisco de Assis. Por meio da  Oração e da contemplação o frade aprofunda o seu relacionamento com Cristo, procurando identificar-se com Ele, na fraternidade inserida, numa continua escuta da Palavra, nas celebrações, orações comunitárias, meditação cotidiana, leitura espiritual, nos diversos apostolados, e nas assistências as comunidades paroquial, no que compete ao apostolado: Milícia da Imaculada MI, Juventude Franciscana (Jufra), na assistência espiritual à Ordem Terceira de São Francisco (ofs) e  etc. Nesta dinâmica ativa com as pastoreis e movimentos bem como com os estudos da sagrada teologia o professo simples, se sente chamados ao Presbiterado farão o pedido ao nosso Ministro Provincial que dará ou não a licença para o Diaconato e consequentemente o Presbiterado.

Não podemos deixar de mencionar que mesmo passando por essas etapas formativa, o Frade professo solene mesmo sendo presbítero jamais deixará  de participar das formações franciscana, do manuseio dos textos fontes e de sua espiritualidade como o todo.

 

 

Mais nesta categoria:

Contato

ORDEM DOS FRADES MENORES CONVENTUAIS